Blogger Template by Blogcrowds.

Há exatamente cem anos o mundo deparou-se com um conflito em larga escala, como nunca fora visto antes. Foi o início da Primeira Guerra Mundial, que duraria de 1914 a 1918 e custaria mais de nove milhões de vidas de combatentes. Lendo o excelente livro de Robert Massie, eu que não sou historiador nem nada, ouso dizer que tudo de se deveu, infelizmente, a uma disputa familiar, como tantas outras a que assistimos hoje em dia. Sei que vão me perguntar pelo assassinato do arquiduque em Sarajevo, o que oficialmente teria desencadeado tudo, mas este foi apenas o pretexto, segundo entendo. Se não fosse aquilo, seria qualquer outra coisa. Acontece que o Kaiser Guilherme II, neto mais velho da rainha Vitória da Inglaterra, nasceu com o braço esquerdo defeituoso, ligeiramente mais curto, o que lhe dava um enorme complexo. Ele vivia em constante emulação com os tios e primos ingleses, e queria mostrar-lhes que a Alemanha poderia ser uma potência militar e naval equivalente ou superior a eles. O Kaiser iniciou, então, uma corrida armamentista e a construção de uma força naval poderosa. Assim, por trás de tudo sempre esteve esta disputa entre o sobrinho e tio, este o rei Eduardo VII, sucessor da rainha Vitória, que havia falecido em 1901. Também é interessante notar que o rei da Inglaterra era filho do príncipe Alberto de Saxe-Coburgo Gotha, de uma família da nobreza germânica (assim como os descendentes de D. Maria II, de Portugal). Portanto, tudo família mesmo. O título do livro faz referência a uma nova classe de "encouraçados", um tipo de navio de guerra com tecnologia desenvolvida no início do século XX e que teve participação decisiva na disputa pelo domínio dos mares na Primeira Grande Guerra.
E agora uma curiosidade. A Marinha do Brasil foi a primeira marinha do mundo, depois da Royal Navy, a contratar a construção de um navio da classe Dreadnought, o encouraçado Minas Gerais (em 1906).
(Livro Dreadnought, Robert K. Massie, Ballantine Books New York, 1991)
(27 de julho de 2014)

0 Comentários:

Fazer um Comentário



Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial