Blogger Template by Blogcrowds.

vececom GESTÃO

Habilidade de tomada de decisão

Carlos G. Vieira


Aprende-se a tomar decisão na universidade? Certamente não é uma matéria eletiva. Aprende-se a tomar decisão em casa? Não me consta que as famílias tratem deste assunto, especificamente. Existem cursos de treinamento no processo decisório dentro das empresas? Não é comum. Então, é ou não é importante saber decidir? Será genético?

Nada disso. A tomada de decisão (em inglês decision making) é habilidade fundamental, junto com as habilidades básicas (ler, escrever e fazer contas), habilidade de pensar (como aprender, ter criatividade, analisar problemas) e as chamadas qualidades pessoais (responsabilidade, auto-estima, integridade, gerenciamento de tempo).

Então por que a tomada de decisão deixou de ser um assunto da moda? Porque é difícil de entender e treinar. Existem várias abordagens para o assunto. Existe a corrente racional, a corrente intuitiva, e a corrente tecnológica. Mas todas partem de um princípio único: decidir é escolher entre alternativas.

Portanto, se quisermos aumentar nossa capacidade de decidir, ou aprimorar nosso processo de tomada de decisão, a primeira coisa a fazer é aprender a gerar alternativas. Comumente refere-se a isso como a habilidade de solucionar problemas (em inglês problem solving). A outra coisa a fazer é aprender a aumentar a taxa de acerto, aprendendo a usar o feedback das decisões tomadas. E a terceira coisa é aumentar a velocidade de decisão. Em alguns casos este último item se tornou tão crítico, que foi necessário substituir a mente humana pelos computadores, como é o caso do sistema de armas de navios de guerra, por exemplo.

Assim, pode-se resumir a habilidade de tomar decisão como:


1. Capacidade de decompor um problema em componentes mais simples.

2. Gerar diversas alternativas de solução.

3. Analisar as consequências de cada alternativa (custo-benefício).

4. Escolher uma alternativa baseado em algum critério.

5. Realimentar nosso processo com o resultado da decisão.


Por que algumas pessoas são indecisas?

Em geral, pela dificuldade que elas têm de gerar alternativas. Isso pode se dever à falta de informação, por bloqueio mental (pânico), por não dominarem um processo de tomada de decisão, ou por ignorância (inexperiência).

Como podemos ser treinados em tomada de decisão?

Analisando diversos problemas e escolhendo alternativas. Se for possível observar que consequências estas escolhas tiveram em casos reais, pode-se aprender muito com os próprio erros e com os dos outros. O resultado do treinamento será o de escolher e adotar um processo de tomada de decisão que faça sentido para nós.

Carlos G. Vieira é coautor do livro "Gerente Arnimador"




Página inicial