Blogger Template by Blogcrowds.

O poema tem em seu início Abril é o mais cruel dos meses, sob o título de "O Enterro dos Mortos". Não, houve um engano. O mais cruel dos meses é mesmo maio.
Thomas Stearns Eliot, chamado simplesmente de Tom pelos amigos, Prêmio Nobel de Literatura de 1948, escreveu The Waste Land ("A Terra Desolada 1922", na tradução de Ivan Junqueira) quando tinha 34 anos. Nasceu nos Estados Unidos, em Saint Louis - MO, de uma família da Nova Inglaterra, mas viveu a maior parte de sua vida em Londres, para onde partiu ao início da Primeira Grande Guerra.
Teve uma vida pessoal muito conturbada. Quando foi para a Inglaterra deixou em Boston uma namorada, Hale, que se tornaria a eterna namorada até o final da vida dela. Mas, surpreendentemente, ele depois de algum tempo anunciou que se casara com uma inglesa chamada Vivienne. Esta, com sérios problemas de saúde, tornaria sua vida um inferno. Recusou-se a dar a ele o divórcio quando foi solicitada, e ele passou a viver solitariamente, escondendo o endereço onde morava. Depois que ela foi internada com problemas mentais, e passou assim alguns anos, ele nunca a visitou. Ainda fez algumas tentativas de reatar com sua antiga namorada americana, com quem trocou vasta correspondência, mas a proibiu em testamento de publicar qualquer das cartas praticamente enquanto fosse viva. Casou-se novamente aos 68 anos com outra inglesa, Valerie, e com ela viveu os últimos anos de sua vida.
Todos estes problemas pessoais, e mais uma profunda reflexão filosófica e religiosa, resultaram em alguns dos melhores poemas da língua inglesa.
(27 de maio de 2017)

No início do livro Armazém Colombo (em nossa livraria virtual), há esta citação:
"Abril é o mais cruel dos meses, germinando
Lilases da terra morta, misturando
Memória e desejo, avivando
Agônicas raízes com a chuva da primavera."
(T.S. Eliot, The Waste Land, 1922 - tradução de Ivan Junqueira)

0 Comentários:

Fazer um Comentário



Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial