Blogger Template by Blogcrowds.

Amadeu Marques rides again. Com noite de autógrafos programada para amanhã (dia 7/1/2022) em Botafogo, aqui no Rio, o estimado Amadeu lança mais um delicioso livro. Começo pela capa, com simpáticos desenhos de Helena e João. E adianto que são cem crônicas mesmo, muitas delas curtas, como é o caso do livro de Hemingway, em resposta a desafio para escrever um romance com apenas seis palavras!

Queria registrar que Amadeu Marques, um conhecido autor de livros e preciosos dicionários, nasceu em Lisboa e morou até os treze anos na Rua das Flores, perambulou pelo Chiado, certamente fazia pequenas compras no famoso Armazém, além de aprontar alguma no Cais de Sodré.

Suas lembranças mais recentes nos levam à Rua da Betesga, no Rossio, onde ele relata uma experiência surpreendente relacionada com os queijinhos d'amêndoa. Nesse mesmo Rossio, onde ele nos fala do Nicola e de Eça de Queiroz, e levanta uma suspeita de que a estátua equestre de D. Pedro IV, na realidade, seria de Maximiliano do México. Certamente uma aleivosia, diriam os mais tradicionalistas. Ainda em Portugal, o autor revela uma indicação do Comendador Rocha Diniz que merece ser anotada: o vinho Quinta de São Sebastião.

Mas é na cidade do Rio de Janeiro, e em Copacabana em particular, onde transcorrem situações inusitadas. Como estar em um conhecido restaurante das redondezas e ouvir, sem querer querendo, a conversa da mesa ao lado, onde seu nome, de repente, é citado. Em resumo, Amadeu Marques reflete sobre a vida, em deliciosas crônicas, com alegria e otimismo. Tudo isso, com citações em inglês.

(Cem Crônicas Agudas, Amadeu Marques, Chiado Books, 2021)

(6 de janeiro de 2022)

E que tal receber as atualizações do nosso blog por email? Para assinar clique aqui.


 

0 Comentários:

Fazer um Comentário



Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial