Blogger Template by Blogcrowds.

 

Nosso autor independente Washington Conceição acaba de lançar um novo livro. São dezoito histórias sobre diversas pessoas. As histórias são contadas naquele estilo coloquial muito característico dele, que torna a leitura saborosa (se podemos dizer assim), aquela que o leitor não quer interromper de jeito nenhum, que vara a madrugada, que deixa ao término de cada capítulo um sorriso nos lábios, que evoca outras situações nossas do passado. Washington nos fala de amigos e de famosos, com os quais teve contato ou admira. Entre estes últimos Dorival Caymmi e Cantinflas. Dentre os amigos, lá está Credidio Rosa, que tanta falta nos faz naqueles intermináveis cafés da manhã no Leblon.

Por falar no Leblon, há uma história muito interessante relatada pelo autor com relação ao escritor e cronista João Ubaldo Ribeiro, que morava nas imediações da rua Dias Ferreira. E, para ser justo com São Paulo, o livro fala também de um colega de turma do autor na Escola Politécnica da USP, conhecido entre os colegas apenas como Zuza, que se tornou governador do estado: Mário Covas. 

E o livro traz fotos surpreendentes para quem compara com os tempos mais recentes. Uma que me chamou muito a atenção foi da turma do segundo ciclo no Colégio Presidente Roosevelt, em São Paulo, uma escola pública, onde todos os alunos estão de terno e gravata, e o professor Cruz, de matemática,  parece um lorde inglês. Mas tão surpreendente quanto a foto é a memória privilegiada do autor. Que também se revela um profundo conhecedor de música, embora, modesto, tenha revelado não ser muito afinado ao cantar. Deve ter havido alguma reclamação dos vizinhos, no icônico edifício "Meia Lua", na rua Timóteo da Costa. Só pode ser isso.

O livro pode ser encontrado no formato eBook na Amazon e impresso na Loja Uiclap.

0 Comentários:

Fazer um Comentário



Postagem mais antiga Página inicial